Primeiro levantamento da região foi realizado por uma revista regional do segmento

JESSICA MARQUES
Especial para o RROnline*

Um levantamento feito pela revista “O ABC da Comunicação” aponta que as sete cidades da região contam com 187 agências digitais e também agências de publicidade e marketing. Santo André é a cidade com mais empresas no ramo, com 85 cadastradas. São Bernardo conta com 52, São Caetano possui 45, Diadema três e Mauá apenas duas agências.

Cada empresa mantém de 8 a 12 funcionários, em média, e o estudo também aponta que os empreendimentos não são recentes: a empresa mais antiga existe há 35 anos. Para o coordenador do curso de Publicidade e Propaganda da Universidade Metodista, Fernando Ferreira de Almeida, a tendência do mercado de comunicação na região é a expansão. “O ABC é subestimado quanto ao desenvolvimento econômico, e o levantamento prova que a região é promissora.”

Segundo Luciano Bonetti, diretor da revista responsável pela pesquisa, as agências da região, no entanto, nunca tiveram o devido reconhecimento. “Não existem registros históricos sobre a publicidade na região, somos os primeiros a fazer isso”, afirma. O levantamento ainda está sendo realizado, e a tendência é encontrar mais agências do ramo.

No final de 2013, foi criada a AACP-ABC (Associação das Agências de Comunicação e Publicidade do ABC), presidida por Bonetti, com a finalidade de discutir e executar ações em prol da reorganização deste mercado na região.

Segundo informações do último Anuário Mega Brasil, o mercado de comunicação cresceu 18,66% no país em 2012, movimentando na época quase R$ 2 bilhões com cerca de 600 empresas registradas. O publisher da edição, Eduardo Ribeiro, afirma que há um “exército de agências invisíveis”, portanto o número pode ser maior.

*Esta reportagem foi produzida por alunos do curso de Jornalismo da Universidade Metodista de São Paulo